2

Águas passadas não movem moinhos

Posted by Hugo Alves on 16:10
Há três dias foi meu aniversário.  Acho que para grande maioria é a data mais especial do ano. Tá, tudo bem que o carnaval é especial ou pelo menos a mais esperada por muitos, mas o aniversário é uma data personalizada. E depois de alguns janeiros é inevitável começarmos a nos preocupar com a tal idade. Não que eu esteja velho, pelo contrário, sou muito jovem (é sério, acredito nisso!). O legal é que me pego lembrando de quando ainda não tinha alcançado a “maior idade” e almejava algumas coisas, como tirar a minha carteira de habilitação e demais privilégios responsabilidades que adquirimos ao assoprar as 18 velinhas.

O mais interessante (tá, nem tão interessante assim!) é que todos dizem que depois de certa idade o “tempo voa”. E geralmente comprovamos isso, não a tempo de fazer alguma diferença, mas comprovamos. Talvez seja a união de um pouco mais de liberdade (em alguns casos) para festas e lazer com as diversas atividades que, concidentemente, se tornam quase que obrigatórias para um indivíduo “desse tamanho”, como trabalhar e estudar, ocupando tempos vagos. O fato é que depois de alcançada a idade apta para tais exercícios, o tempo não para. Não mesmo, infelizmente!

E então comecei a pensar no quanto perdi tempo em relação a vários aspectos da minha vida. A pensar no quanto deveria ter acordado antes, ter reagido antes.  Mas isso faz parte das fases, e todos nós estamos expostos a elas. É apenas uma das muitas peças que a vida nos prega.

Porém, também passei a pensar que tenho muito tempo pela frente, que posso e devo não me preocupar tanto com o que deixei de fazer e sim com o que posso fazer a partir de agora, afinal de contas, não podemos voltar ao passado e consertar algumas decisões.

Tem uma expressão que pode parecer clichê, mas que faz todo sentido: "Embora ninguém possa voltar atrás e fazer um novo começo, qualquer um pode começar agora e fazer um novo final".



2 Comments


Oi, Hugo, como vai?
Adorei seu post e acho que já te disse isso (plagiando Kung Fu Panda):"Ontem é passado; Amanhã é um mistério, mas o Hoje é uma dádiva...É por isso que eles chamam de PRESENTE.."
Eu costumo acreditar que tudo o que fazemos, todas essas fases, por mais que as vezes pensemos que foi perda de tempo servem para nos ensinar... Veja que se você não tivesse vivido cada situação que a vida te impôs você não seria quem é hoje; e isso não é ruim, é? ;)
Fica com Deus e muitas bençãos nas novas empreitadas!
Bjs


Viii, obrigado por mais uma visita e comentário.

Então, todas essas fases tem uma papel importantíssimo na nossa construção como pessoa. Realmente não seríamos o que somos hoje se não tivéssemos vivido cada situação que vivemos!

Fique com Deus também e que as bençãos dele caia sobre todos nós! =)
Beijos!

Copyright © 2009 Hugo Alves All rights reserved. Theme by Laptop Geek. | Bloggerized by FalconHive. Distribuído por Templates