6

Na esperança de dias melhores

Posted by Hugo Alves on 23:45
Na vida existem momentos em que a única coisa que nos resta é a fé. E eu estou em um desses momentos. Não se trata de apenas um problema, são quedas sucessivas. Não sei como escrever isso, não faz o tipo do meu blog, não faz meu tipo, não é o tipo de texto que gostaria de estar escrevendo. Mas estou. Espero que seja o primeiro e ultimo.

Como sobreviver a instabilidade da vida? Nossa vida nos proporciona tantos motivos para nos entristecermos que nos esquecemos de que o sol brilha, que os jardins florescem, que os pássaros cantam, que um dia já sorrimos. E, sem duvida, esse é um momento de profunda introspecção. Chegar ao fundo do poço e analisar o motivo e trajeto da queda para, só então, tentar levantar. E tentar. E tentar. E continuar tentando.

Meu começo de ano não foi dos melhores. Prefiro considerar que recebi grandes bênçãos de Deus à dizer que sou um ser completamente azarado. Aprendi, de forma dolorosa, que “nunca está tão ruim que não possa piorar”. Talvez isso seja uma das poucas coisas que posso me apegar no momento, além de que tudo na vida tem um lado bom. E talvez o lado bom desse período nublado que nos faz esquecer como é o brilho do sol, é que descobrimos que, às vezes, pessoas que tanto acreditávamos que estariam do nosso lado se precisássemos são as que menos se importam. E também que pessoas de quem nem esperávamos muito, de repente, acaba por serem verdadeiras provas de companheirismo, de fraternidade.

Surpresas e decepções com as pessoas são um tanto quanto comum. Então nossa fé em Deus tende a aumentar, pois sabemos que Ele é especialista no impossível, o único capaz de nos dar todas as respostas e nos mostrar um caminho. Afinal, somos seres humanos e geralmente Deus não consegue nossa aproximação por gratidão, só pelo desespero.

Pra falar a verdade ainda estou meio perdido. Nem sei por que estou escrevendo esse texto. Talvez seja bom eu lê-lo quando o “sol abrir” – se abrir, quem sabe meu coração abra um sorriso e se encha de alegria simplesmente por saber que posso confiar em Deus e que não foi em vão acreditar em dias melhores.



Dias Melhores - Jota Quest

"No fundo de um buraco ou de um poço, acontece descobrir-se as estrelas". (Aristóteles)




6 Comments


Oi Hugo, quanto tempo... Sabe, eu fico tão triste em te ver pra baixo desse jeito, mas ao mesmo tempo virar pra você e dizer "Não fique assim..." não vai resolver seus problemas. Na verdade quando a gente está lá no fundo do poço, acho que essa frase é a mais detestável de se ouvir porque as pessoas em volta tendem a simplificar muito as coisas, não é verdade?

Mas se tem algo que "aprendi" e acho que já te disse isso, é que diante de todas essas fases da vida, boas ou ruins, nós temos que fazer o possível para tirar o melhor proveito da situação. Nada do que nos acontece é de graça, tudo tem um motivo e objetivo; e você vai ver quando seus 'dias melhores' chegarem que se transformou em alguem mais fortalecido e mais sábio ( e isso não é pouca coisa).

No mais, a vontade que dá é de fazer o tempo voar, de transformar esses maus momentos apenas em lembranças e pensar "foi difícil mas já passou". Tenha fé, esse dia vai chegar. Eu sei que você já entregou nas mãos e Deus e talvez seja hora de você 'relaxar' um pouco e deixar que Ele guie as coisas...

Muitas vezes temos a mania de querer estar sobre o controle de tudo e quando isso não é possível isso nos apavora, mas lá em Mateus 6:25-34 tá falando sobre isso.. E como é sempre bom recordar, deixo um lindo ctrl+c ctrl+v aqui pra vc :)

“Por isso vos digo: nao andeis ansiosos pela vossa vida, quanto ao que haveis de comer ou beber; nem pelo vosso corpo, quanto ao que haveis de vestir. Não é a vida mais do que o alimento, e o corpo mais do que o vestuário? Olhai para as aves do céu; não semeiam, não colhem, nem ajuntam em celeiros, e contudo, o vosso Pai celestial as alimenta. Não tendes vós muito mais do que elas? Qual de vós poderá, com as suas preocupações, acrescentar uma única hora ao curso da sua vida? Quanto ao vestuário, por que andais ansiosos? Observai como crescem os lírios do campo. Eles não trabalham nem fiam. Eu, porém, vos digo que nem mesmo Salomão, em toda sua glória, se vestiu como qualquer deles. Se Deus assim veste a erva do campo, que hoje existe e amanhã é lançada no forno, não vestirá muito mais a vós, homens de pequena fé? Portanto, não andeis ansiosos, dizendo: que comeremos? Que beberemos? Ou: com que nos vestiremos? Pois os gentios procuram todas estas coisas. De certo vosso Pai celestial bem sabe que necessitais de todas elas. Mas buscai primeiro o seu reino e a sua justiça, e todas estas coisas vos serão acrescentadas. Portanto, não andeis ansiosos pelo dia de amanhã, pois o amanhã se preocupará consigo mesmo. Basta a cada dia o seu próprio mal.”


Abraços e uma semana iluminada =D


Viii, mais uma vez obrigado pela visita, pelo comentário e também por todo apoio que vem dedicando. Obrigado mesmo!

Embora eu esteja meio afastado da internet, ainda aprecio toda essa consideração que você tem.
=)

Abração!


E isso ai tem que ter força e superar desafios.. parabéns pelo texto.
Até+


Muito bom o texto,pura realidade.
Triste, mais tocante! Gostei Hugo :)


Faaala Hugo sumido! Tava olhando agora o tamanho do meu último comentário, rs.. Quase deu um post, hahaha!
Mas e como vc tá? Os ânimos ainda são os mesmos de quando vc fez esse post ou a vida tá um pouco mais colorida?
Abraços


Pois é, trabalhando tanto ultimamente que quase nao entro no blog..rs

As coisas estão se ajeitando, Viii! Por falta de escolha, sou obrigado a renovar meus ânimos todos os dias..rsrs

Digamos que ainda estou na fase de construção dos alicerces, acredito que a vida ficará mais colorida com isso. :)

Abraços!

Copyright © 2009 Hugo Alves All rights reserved. Theme by Laptop Geek. | Bloggerized by FalconHive. Distribuído por Templates